Google+ Followers

sexta-feira, 22 de março de 2013

Criar tabela dinamicamente em JavaScript


Criando tabelas dinamicamente.
Este código feito em javacript serve para criar dinamicamente uma tabela com três colunas e um numero variável de linhas.
Onde esta escrita qtdlinha e a quantidade de linhas que ira ser criada,
<img src="img/logo_00'+x+'.jpg"> este trecho e o caminho da imagem onde o x e o numero que representa o numero da imagem.


<Html> 
<head>
<meta http-equiv="refresh" content="5;index.html">  
<script type="text/javascript">

function adicionarLinha(x) 
   var local=document.getElementById('tabela'); 
   var tblBody = local.tBodies[0]; 
   var newRow = tblBody.insertRow(-1);
          if(x<=9){
                var newCell0 = newRow.insertCell(0); 
                newCell0.innerHTML = '<td><img src="img/logo_00'+x+'.jpg"></td>';  
                x++;
                var newCell1 = newRow.insertCell(1); 
                newCell1.innerHTML = '<td><img src="img/logo_00'+x+'.jpg"></td>'; 
                x++;
                var newCell2 = newRow.insertCell(2); 
                newCell2.innerHTML = '<td><img src="img/logo_00'+x+'.jpg"></td>';
          }else{
                var newCell0 = newRow.insertCell(0); 
                newCell0.innerHTML = '<td><img src="img/logo_0'+x+'.jpg"></td>';
                x++;  
                var newCell1 = newRow.insertCell(1); 
                newCell1.innerHTML = '<td><img src="img/logo_0'+x+'.jpg"></td>';
                x++;
                var newCell2 = newRow.insertCell(2); 
                newCell2.innerHTML = '<td><img src="img/logo_0'+x+'.jpg"></td>'; 
          }
  

</script> 
</head> 
 
<body> 
<table id="tabela"> 
   <tbody> 
       <tr> 
           <td></td> 
           <td></td> 
           <td></td>
      </tr> 
  </tbody> 
</table>

<script>
var i=1;
     while(i<=qtdlinha){
     adicionarLinha(i);
     i+=3;
     }
</script>

</body> 
 
</html> 


sábado, 9 de março de 2013

Que tal construir um dado eletrônico?

Dado Eletrônico.

O circuito eletrônico do dado não se lança, e muito menos se gira, mas para os objetivos do jogo o efeito é o mesmo: escolhe-se de forma aleatória um número entre 1 e 6.
O marcador aparece numa forma gráfica de sete diodos luminosos (LED), colocados de forma a.
Que representem fielmente todas as caras do objeto real, como se pode ver na figura.
Para simplificar o circuito, o 2 e o 3 representam-se na horizontal em vez de na diagonal; trata-se de uma diferença puramente estética que não incide para nada na funcionalidade da máquina.
O trabalho principal é feito pelos dois integrados IC1 e IC2; os outros componentes realizam apenas funções auxiliares.
Podem ser reconhecidos com facilidade: o IC1 tem 8 pinos e tem escrito 555; o IC2 tem 16 pinos e apresenta o texto 4029.
Este último é um circuito puramente digital da série CMOS, enquanto que o primeiro é um oscilador. Uma vez verificado o trabalho feito, é sem dúvida possívelligar a pilha e começar a lançar o dado apertando-se o botão P1.
Esta manobra causa o seguinte efeito: quando se pressionar o botão, os símbolos giram rapidamente, ou seja, o dado continua "girando".
No lançamento, a velocidade dos números diminui de forma progressiva até que para mostrando o resultado definitivo.
Um oscilador de frequência variável dirige um (contador por 6 o IC2 (ver o esquema da página anterior) é um contador binário de 4 bits, ligado de forma que conte apenas de 9 a 14, ou seja, de 1001 a 1110 em binário).
Realmente, quando chega ao 15 fica um resto (CARRY, pino 7) e através de T1 que faz de NOT.
Ativa-se a entrada do PRESET que configura de novo o número 9 pré-selecionado nas entradas do início os três bits menos significativos do contador (pinos 1, 2 e 4) controlam respectivamente os transistores que acendem o LED central, os dois laterais e os quatro das esquinas, como se mostra na figura.
Contador por 6 (de 9 a 14) e ligação das saídas dos diodos luminosos do dado.
OSCILADO R QUE DIMINUI A VELOCIDADE
O capacitor C2, com o botão carregado ganha carga através do R1; quando alcança certa tensão, o IC1 descarrega-o produzindo também um impulso na saída e começando de novo o ciclo.
Soltando o botão, o C1 continua proporcionando a tensão de carga do C2, mas descarrega-se lentamente através do R3. Portanto, em consequência deste fato a frequência dos impulsos diminui até que se detém.
Como os impulsos produzidos pelo oscilador fazem avançar o contador, também diminui a progressão dos números mostrados nos LED até que estes se detêm num valor aleatório.
A frequência dos impulsos produzidos pelo oscilador ICl depende da tensão no Cl; sob um determinado valor para-se.